No dia 30 de julho, a Concresuper contou com 50 parceiros de todas as unidades para realizar um workshop focado no Controle Tecnológico do Concreto Usinado!

O workshop realizado na ADUC- Unioeste Campus Cascavel tinha como objetivo apresentar o processo do controle tecnológico ao receber um concreto, ou seja, desde quando o caminhão chega na obra, até o rompimento do corpo de prova e avaliação de resultados. Dessa forma, considerando todos os fatores que podem interferir, como o clima, o ajuste da retifica e prensa para a ruptura das moldagens.

Isso tudo para auxiliar nossos clientes a obter o melhor resultado. Além de ajudar a entender a realidade da obra, para proporcionar soluções específicas para cada caso.

Sobre o workshop controle tecnológico do concreto usinado

O evento contou com uma palestra do nosso engenheiro Cristiano Kenji Endo. Porém, o grande destaque foi para a nossa parte prática. Afinal, usamos o Laboratório de Estruturas e Materiais de Engenharia – LEME do Campus de Cascavel da Unioeste, para que a nossa equipe técnica, em conjunto com os inscritos, desenvolvesse traços juntos. Sendo assim, foram adicionando o cimento, água, agregados e até mesmo aditivos, apresentando todo o processo que a Concresuper faz, antes de enviar o concreto. Além disso, conjuntamente, rompemos corpos de provas, mostrando o teste de carbono. Isso para constar que uma resistência pode ser alterado não só pelo concreto, mas pela forma que o mesmo é averiguado.

“Agradeci muito a Cristina por ter me convidado, esclareceu muitas dúvidas que eu tinha, tenho certeza que depois disso as nossas concretagens serão de uma qualidade enorme. Tudo o que foi falado eu havia aprendido na faculdade, mas o tempo faz a gente ir esquecendo desses detalhes pequenos e tão importantes. Muito bom saber que a Concresuper está entre os nossos parceiros, uma empresa que preza tanto pela qualidade do produto e do serviço”- feedback de uma das engenheiras inscritas, parceira da filial de Palotina.