Sabe a diferença entre Slump Test e Flow Test? Então, confira nosso post e saiba o objetivo de cada ensaio do concreto.

Os testes do concreto são essenciais para verificar a qualidade do material, determinando se está de acordo com as especificações do projeto. É por meio desses ensaios que o gestor garantirá a integridade estrutural da obra. Slump Test e Flow Test são duas categorias de teste. Dessa forma confira o que são e a diferença entre eles.

O que é slump test?

O slump test é realizado no concreto fresco. Neste caso é feito o abatimento do concreto. Ele é inserido em um molde em formato de cone em três camadas adensadas igualmente (25 golpes cada uma com uma haste de compactação). O objetivo é testar a resistência do concreto à compressão.

Ao retirar o molde, mede a diferença entre a altura do cone formado pelo concreto e a altura do molde.

O que é flow test?

O flow test é um ensaio para definir o espalhamento do concreto, ou seja, para verificar sua fluidez. Ele também é feito em uma forma de cone. O molde é posicionado em cima de uma placa metálica e o concreto despejado dentro do cone. Ao levantar o cone em direção vertical, o concreto se espalha sobre a placa. Daí então mede-se o grau de espalhamento.

Qual a diferença entre os dois?

Como você pode perceber, ambos os testes são bem semelhantes, pois usam o mesmo instrumento de ensaio: o cone. Mas as diferenças são muitas:

  • processo: o slump test exige o uso de uma haste de compactação para adensar o concreto. No flow test, isso não é necessário.
  • tipo de concreto: no flow test, o concreto avaliado é o auto-adensável. Já no slump test, usa-se um concreto convencional;
  • objetivo: o flow test avalia a fluidez do concreto auto-adensável. O slump test é direcionado para concretos convencionais para medir sua resistência à compressão.

Gostou de saber mais sobre as diferenças entre Slump Test e Flow Test? Então, assine nossa newsletter e receba novos conteúdos!