Construção civil e ESG têm muito a ver. Afinal, diversas práticas no canteiro de obras podem contribuir para a sustentabilidade. Sendo assim, entenda como!

ESG é a sigla para sustentabilidade, social e governança (do inglês, environmental, social and corporate governance) e refere-se a uma série de ações que visam reduzir os impactos negativos das organizações no meio ambiente e na sociedade, além de criar processos transparentes, seguindo a legislação vigente. Porém, como construção civil e ESG estão ligados? Entenda melhor neste post!

Qual a relação entre construção civil e ESG

A construção civil é um dos setores que mais impactam o meio ambiente. Dessa forma, cerca de 40% de toda a matéria-prima retirada da natureza é destinada para obras. Além disso, no canteiro de obras, diversas práticas, do projeto à execução, podem contribuir para a sustentabilidade.

Sendo assim, o setor da construção também tem uma forte participação na economia do país. Sendo assim, em 2021, o crescimento foi de 9,7%, o maior índice em 11 anos, gerando renda para milhares de famílias.

Afinal, diversas ações práticas no canteiro de obras podem contribuir para a redução do impacto ambiental e maior economia:

  • reutilizar água;
  • organizar o canteiro para evitar o desperdício de materiais;
  • utilizar materiais e sistemas ecoeficientes;
  • seguir as normas brasileiras, como aquelas relacionadas a EPIs;
  • buscar certificações ambientais
  • capacitar a equipe para o trabalho. 

Que benefícios as práticas ESG podem gerar para o meio ambiente?

Sendo assim, os benefícios são muito claros, e estão em por toda a parte:

  • a imagem da empresa fica muito mais positivo aos olhos do público;
  • atrai novos investimentos e parceiros para negócios;
  • aumenta o volume de contratos;
  • gera benefícios para o meio ambiente, preservando recursos ambientais;
  • reduzir custos.

Gostou de saber mais sobre a relação entre construção civil e ESG? Então, assine nossa newsletter e não fique de fora das novidades.