Montar um cronograma de concretagem exige organização, conhecimento técnico e uma boa comunicação entre todos os envolvidos na obra. E para te ajudar, criamos este conteúdo com dicas para montar um cronograma de concretagem, algo fundamental para o planejamento e execução eficiente de uma obra, uma vez que esse processo envolve uma série de etapas que devem ser seguidas para garantir que o concreto seja aplicado no momento certo e nas quantidades adequadas.

Mas antes de tudo, vamos explicar o que é uma concretagem:

A concretagem é um processo de aplicação do concreto em uma estrutura ou superfície, como: lajes, vigas, pilares e etc. Durante esse processo, o concreto é colocado em fôrmas ou moldes de acordo com o projeto.

E o plano de concretagem, o que é?

É nada mais que o planejamento de como as etapas da concretagem devem ser executadas ao longo do projeto, sendo algo essencial para evitar dores de cabeça durante o processo.

Cronograma de concretagem:

Estude o projeto: É importante ter um bom entendimento do projeto, incluindo a estrutura, os requisitos de resistência do concreto, as especificações técnicas e as limitações da obra. Isso ajudará a determinar os prazos e as necessidades específicas de concretagem.

Identifique as etapas de concretagem: Divida a obra em etapas de concretagem, como:

  • Fundação,
  • Pilares,
  • Lajes,
  • Vigas e etc.

Vale destacar que cada etapa terá suas próprias características e requisitos, então é essencial definir claramente quais são essas etapas e em que ordem devem ser executadas.

Defina as metas e prazos: Com base nas informações do projeto e nas etapas identificadas, estabeleça metas e prazos realistas para cada uma delas. Considere a capacidade de produção da equipe, a disponibilidade de materiais e equipamentos, e eventuais restrições, como condições climáticas ou limitações de acesso ao local da obra.

Estime a quantidade de concreto: Determine a quantidade de concreto necessária para cada etapa, levando em conta as dimensões e os volumes especificados no projeto. Isso ajudará a programar a entrega do concreto pelo fornecedor, evitando atrasos ou desperdício de material.

Agende as entregas de concreto: Entre em contato com a concreteira, exemplo, Concresuper, e agende as entregas de acordo com o cronograma estabelecido.

  • Importante: Certifique-se de que a data e o horário da entrega sejam adequados para cada etapa da obra, levando em consideração o tempo necessário para a preparação e a aplicação do concreto.

Considere o tempo de cura: Após a aplicação do concreto, é importante permitir o tempo necessário para a cura adequada. Isso pode variar de acordo com o tipo de concreto e as condições ambientais, então certifique-se de incluir esse período no cronograma.

Acompanhe o progresso: Durante a execução da obra, monitore o progresso das etapas de concretagem e faça ajustes no cronograma, se necessário. Mantenha uma comunicação constante com a equipe de obra e o fornecedor de concreto para garantir que tudo esteja ocorrendo conforme o planejado.

Esteja preparado para imprevistos: Apesar de um bom planejamento, imprevistos podem ocorrer. Máquinas podem quebrar, condições climáticas adversas podem atrasar a obra ou surgir a necessidade de retrabalhos. Tenha um plano de contingência para lidar com essas situações e esteja aberto a fazer ajustes no cronograma, se necessário.

Seguindo essas orientações, você estará mais preparado para otimizar o processo de concretagem, evitando atrasos e garantindo a qualidade e a eficiência da sua obra.

Ainda tem dúvidas? Entre em contato com o nosso time de especialistas (45) 3227-3344.