A concretagem é um processo fundamental na construção civil, o qual consiste em aplicar o concreto em determinada estrutura ou superfície para formar elementos como lajes, pilares, vigas, fundações, etc. Esse processo envolve muitas etapas que devem ser seguidas com cuidado para garantir a qualidade e durabilidade da estrutura. Preparamos esse conteúdo listando as principais etapas da concretagem. Confira:

Principais etapas da concretagem:

  • Preparação do terreno: Antes de iniciar a concretagem, é necessário preparar o terreno ou a forma onde o concreto será aplicado. Isso envolve a limpeza do local, remoção de obstáculos, nivelamento e, se necessário, a compactação do solo para garantir uma base sólida.
  • Montagem da estrutura de formas: As formas são estruturas temporárias que moldam o concreto e o mantêm em posição até que ele endureça. Elas podem ser feitas de madeira, metal ou materiais plásticos, dependendo do projeto e das necessidades específicas
  • Instalação de armaduras: As armaduras são barras de aço ou telas metálicas que são colocadas dentro das formas para reforçar o concreto e aumentar sua resistência. As armaduras são posicionadas de acordo com o projeto estrutural e devem ser devidamente fixadas para evitar deslocamentos durante a concretagem.
  • Preparação do concreto: A preparação do concreto envolve a combinação de cimento, agregados, água e, se necessário, aditivos químicos. Esses materiais são misturados em proporções adequadas para obter uma mistura homogênea e com as características desejadas.
  • Transporte do concreto: O concreto pronto é transportado até o local de aplicação por meio de caminhões betoneiras ou bombas de concreto. É importante garantir que o concreto chegue ao local dentro do tempo de trabalhabilidade especificado, para evitar que endureça antes da aplicação.
  • Lançamento do concreto: O concreto é despejado nas formas de maneira controlada, utilizando equipamentos como carrinhos de mão, guinchos ou bombas. É importante garantir que o concreto seja distribuído de forma uniforme e preencha todas as áreas da forma, evitando a formação de vazios ou segregação dos materiais.
  • Adensamento: Após o lançamento, o concreto precisa ser adensado para remover bolhas de ar e garantir sua compacidade. Isso pode ser feito manualmente com o uso de vibradores ou por meio de equipamentos vibratórios, que ajudam a melhorar a qualidade do concreto.
  • Acabamento: O acabamento do concreto envolve a aplicação de técnicas específicas para dar à superfície a textura desejada. Para isso, é possível incluir o uso de réguas de alumínio ou a realização de operações de desempeno com colher de pedreiro, de acordo com o resultado esperado.
  • Cura: Após a concretagem, é importante realizar o processo de cura para garantir que o concreto atinja sua resistência máxima. A cura envolve a manutenção da umidade e do calor no concreto por um período de tempo específico, o que pode ser feito por meio de técnicas como a aplicação de água ou o uso de produtos químicos de cura.

Essas são as etapas básicas envolvidas no processo de concretagem. Cada uma delas requer cuidado e atenção para garantir um resultado final de qualidade e durabilidade da estrutura construída.

Gostou desse conteúdo? Acompanhe sempre nosso blog e fique bem informado sobre o universo da construção civil.