Preparamos esse conteúdo de hoje para falar um pouco sobre as formas para concreto e tudo que você precisa saber sobre elas.

Afinal, o que são as formas para concreto?

As formas para concreto são ferramentas essenciais para projetos de construção civil.

Qual a função de uma forma:

Elas têm como função moldar e garantir a boa estrutura do concreto promovendo a ele a sustentação e preservação até que o material ganhe resistência para ser utilizado.

Outro objetivo da utilização da forma é viabilizar o adensamento do concreto e protege-lo durante a cura.

É importante mencionar que durante esse processo, deve sempre ser utilizados escoramentos e cimbramentos que são estruturas que dão um suporte provisório para apoiar as formas.

Quando é necessário usar formas de concreto:

A utilização das formas de concreto é necessária para a definição do formato ideal dos elementos estruturais, como também, para a preservação do concreto.

Informações relevantes:

  • Por ser um equipamento relativamente simples de ser usado, essas formas precisam ser executadas com cuidado e precisão, para que não haja perca de materiais.
  • Antes de adquirir a forma para concreto, é necessário fazer o cálculo da quantidade que vai ser necessária para a concretagem de vigas, pilares e lajes, pois cada uma dessas apresenta um método diferente de cálculo e deve ser feito de maneira correta por profissionais qualificados.
  • As dimensões e prumo precisam ser verificados após a colocação das armaduras e antes do lançamento do concreto, deve ser verificado também a superfície interna das formas, pois não podem possuir detritos e deve haver a estanqueidade das juntas do concreto para evitar a perda de produto.
  • A escolha do tipo de forma deve ser feita conforme a complexidade da obra, os materiais disponíveis e a análise de custos, pois é necessário considerar a montagem e desmontagem e também a possibilidade de reutilização que vai variar de acordo com cada material.

Vamos conferir os principais tipos de formas para concreto:

Formas de madeira – Essas formas são mais comuns em obras de pequeno e médio porte, como a concretagem pode ser realizada uma única vez e também devido à baixa complexidade de uso, é um ótimo custo benefício que se tornou bastante popular, pois podem ser fabricadas no próprio canteiro de obras.

Formas metálicas – Esse tipo de forma sempre indicado para projetos da construção civil que precisam lidar com uma obra ágil e eficiente, são conhecidas por possuírem a possibilidade de reutilização, por isso são recomendadas para construções onde se realizam muita concretagem. Essas formas contam com dois tipos de modelos de alumínio e a de aço.

Formas de PVC – As formas de PVC servem para realização de revestimentos finais das obras, são leves e fáceis de ser montadas e ainda podem ser reutilizadas.

Formas de papelão – Essas formas tem grande utilidade no caso de concretagem de estruturas circulares, como por exemplo em pilares de concreto, elas possibilitam o desenforma rápido e são descartadas após o uso.

Formas de Vidro – O sistema de formas de concreto produzidas em fibras de vidro aceita qualquer tipo de concreto e pode ser reutilizada centena de vezes.

Gostou desse conteúdo? Acompanhe nosso blog e fique sempre bem informado sobre o universo do concreto e da construção civil.